Sua empresa já é uma plataforma? A do Clóvis já é …

Liderança

Para transformar sua empresa em uma plataforma, você vai precisar desenvolver competências digitais combinando novas tecnologias, processos digitalizados e capacitação das pessoas.

Liderança: sua empresa já é uma plataforma? A do Clóvis já é!

Aqui é Valdinei Santana. Eu sou consultor, mentor e conselheiro em novos modelos de negócios.

História do Clóvis – Líder Exemplar

O Clóvis conseguiu fazer uma transformação do negócio dele.

Ele é um líder que conseguiu transformar um negócio analógico em um negócio digital melhorando as margens, o negócio, as vendas e o crescimento.

O que o Clóvis fez? O Clóvis é um líder que ele não nasceu executivo nem um gestor. Ele é do ramo de flores. Ele trabalhava em algumas floriculturas.

Ele sabia fazer muito bem arranjos de flores. Ele trabalhava em 3 floriculturas, mas não tinha intenção de ter um negócio.

Chegou um dia, quando estava com os 19 anos resolveu, depois muita experiência fazendo os arranjos de flores para outras floriculturas, EMPREENDER.

Era um negócio puramente analógico: vender flores. Só que o Clóvis tinha uma dificuldade de divulgar o negócio dele no mercado.

A divulgação ele fazia com folhetos e catálogos. Ele viu na internet uma possibilidade de divulgar a floricultura analógica em um catálogo virtual.

Assim começou o negócio digital do Clóvis. Com o tempo ele colocou mais funcionalidades para fazer a negociação no meio digital.

O negócio digital crescia muito mais rápido do que negócio analógico.

O negócio começou a desenvolver uma nova competência: a COMPETÊNCIA DIGITAL.

Competência Digital

A competência digital é formada pela tecnologia que suportava o negócio.

Junto com essa tecnologia, o Clóvis precisou desenvolver novos processos logísticos para receber o pedido, fazer a entrega de toda demanda das vendas digitais.

Ou seja, passou a ter que ajudar os processos do negócio do Clóvis.

Também começou a mudar a estrutura interna de pessoas na organização.

É na interseção desses 3 conjuntos, incluindo mudanças em tecnologias, processos e pessoas, que forma a competência digital.

Uma vez que ele passou a ter a competência digital, a  vida do Clóvis foi facilitada.

fazer isso, precisou desenvolver… Ou já tinha essa habilidade.

Poderíamos enumerar várias habilidades de líderes que transformam negócios como: empatia, agilidade, criatividade ou a resiliência.

Mas, vamos destacar aqui uma característica do Clóvis que foi a HUMILDADE.

Ele deve ter sido humilde desde o início do negócio. Ele não tinha tanto dinheiro assim…

Ele chegou a conversar com a sogra dele para ajudar financeiramente (compartilhar riscos).

O nome da sogra era Giuliana. O endereço da empresa e do site ficou como https://www.giulianaflores.com.br/ .

O Clóvis teve humildade tanto para receber ajuda das pessoas para montar o negócio, quanto teve também para aprender a construir no negócio digital.

E humildemente, com o tempo, Clóvis foi construindo as competências digitais do novo negócio de flores.

Hoje, o Clóvis tem a maior floricultura virtual do Brasil. O Clóvis criou um NEGÓCIO COMO PLATAFORMA.

Criar um negócio como plataforma, é o objetivo da maioria dos empreendedores, gerentes, diretores, presidentes e de muito do que os consultores ajudam as organizações nesse processo de transformação do negócio.

Negócio como Plataforma

O que é o Clóvis conseguiu fazer? Se você perguntar hoje para o Clóvis o que ele fez, ele vai te dizer que o negócio dele hoje é uma PLATAFORMA.

É uma plataforma de negócios de venda de… Aí que a gente se engana porque normalmente você iria dizer que é uma plataforma de flores.

Mas, não… Hoje ele tem um negócio que é uma PLATAFORMA DE  PRESENTES.

Você acha que o Clóvis iria ficar vendendo flores apenas no Dia dos Namorados, no Dia das Mães? Que é quando tem maior volume de vendas…

Claro que não! COMPETÊNCIA DIGITAL. A competência que ele criou o negócio, com tecnologia, processos e pessoas permite explorar novos produtos e serviços.

Ele criou uma PLATAFORMA que pode ser utilizada para outros negócios: vinho, chocolates, jóias e outros presentes.

Resumo: do analógico foi para o digital, onde desenvolveu certas competências. Essas competências conseguem influenciar o mundo analógico, ou seja: mundo físico. E melhor… Não só com flores, mas com presentes.

O Clóvis conseguiu hackear o seu negócio? E você?

Se você não hackear o seu próprio negócio, vai surgir um concorrente digital e vai conquistar o seu cliente.

Para saber mais

Floricultura Giuliana

Competência Digital = Capability

Open Group -> Capability -> Empresas como Plataformas

Business Hacking

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avatar

Valdinei.Santana

Destaca-se como pesquisador, consultor de negócios, palestrante, conselheiro, mentor e facilitador em NOVOS MODELOS DE NEGÓCIO.

Já prestou consultoria para melhorar a gestão em empresas como BOTICÁRIO, FORD, MARCOPOLO, RANDON, RENAULT, TIGRE, VIVO, VOLVO entre outras. Foi reconhecido pela SAP, empresa líder mundial em aplicativos para gestão, como Visionary Member.

Nos últimos anos Valdinei Santana tem atuado como ponte entre startups e empresas em transformação.

É mentor em várias startups que desejam ser scale-ups aumentando a tração de vendas e o nível de governança de gestão. Também é consultor em empresas em transformação na criação e teste de novos modelos de negócios digitais.

Atua em parceria com empresas de consultoria, gestão, design, inovação e empreendedorismo como: Distrito, Haze, SEBRAE, HiMarket, Evolve MVP, Founder Institute, entre outras...

#BusinessHacking #BMI #NovosModelosDeNegocio